sexta-feira, setembro 17, 2010

Pazino 5

Neste programa o personagem Pazino aborda apenas o movimento "Levante-se e Faça". E o movimento teve por objetivo cobrar dos governantes atitudes em favor dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênino (ODM) ou ainda os "8 Jeitos de Mudar o Mundo". Trata-se de uma meta estipulada pela ONU que deve ser cumprida até 2015, e muitos dos países podem não colocá-los em prática no prazo estipulado. No programa o Pazino traz os alunos da 5ª Série B, da EE Dr. Claudio de Souza, de Lutécia, interior de São Paulo, que participaram do Levante-se no dia 17 de setembro, orientados pelo professor Silvio Luis, e devidamente autorizados pela direção e coordenação da escola.
Então assista ao quinto programa do Pazino.

video

Leia o texto do Leante-se e Faça


(Fala do organizador do evento)

"Gostaria de pedir a todos que, por favor, Levantem-se Contra a Pobreza e recitem o seguinte compromisso comigo".

(Todos levantam)

"Nós estamos agora levantando com milhões de pessoas ao redor do mundo neste dia histórico, para mostrar nosso compromisso na luta contra a extrema pobreza e a desigualdade. Hoje, nós nos levantamos em conjunto para dizer aos nossos líderes: temos seis anos para 2015. Seis anos para realizar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Sabemos que os objetivos podem ser alcançados e ultrapassados, se existir vontade política. Nós não vamos aceitar qualquer desculpa. Nós não vamos permitir que os pobres sofram injustamente as conseqüências das crises econômicas, climáticas e de alimentos, para os quais não são responsáveis.

Levantamos hoje em solidariedade com os milhões de pessoas em todo o mundo. Pessoas que acreditam em um mundo onde a pobreza e a fome podem e devem terminar, onde as mães já não morrem durante o parto e os direitos das mulheres são assegurados; onde as crianças já não morrem de doenças evitáveis, onde cada criança tem o direito à educação de qualidade, onde o meio ambiente está protegido, e onde os nossos líderes não tomam decisões baseados em seus próprios interesses, mas os interesses daqueles que foram marginalizados pela pobreza e pela exclusão.

Para os líderes dos países ricos, nós dizemos:

Não pense que os nossos desafios domésticos, tais como perda de emprego, instabilidade financeira e insegurança, irá nos distrair. Agora está mais claro do que nunca: vivemos em um mundo interdependente. Nós pedimos que você mantenha suas promessas de alívio de dívidas, mais e melhor ajuda à países pobres e comércio justo.

Para os líderes dos países pobres, nós dizemos:

É sua primeira responsabilidade salvar a vida de seus cidadão
s mais pobres. Pedimos-lhe que combata a desigualdade de todas as formas, que seja responsável perante o seu povo, para governar de forma equitativa e justa, para acabar com a corrupção e cumprir os direitos humanos.

Para todos os líderes, nós dizemos:

Agir agora para atender e superar os Objetivos do Milênio;

- Comprometer-se a aceitar e assinar um ambicioso acordo climático, leal e com comprometimento global até o final deste ano;
- Assegurar a paz e a segurança a todas as pessoas.

Hoje e todos os dias iremos levantar, falar e agir para alcançar os objetivos do Milênio. A chamada para os nossos líderes é simples: Fim da Pobreza e Desigualdade Agora!

(Fonte: www.nospodemos.org.br
)

Veja abaixo a produção artística dos alunos da 5ª Série B da EE Dr. Claudio de Souza desenvolvida após a explanação e a leitura do manifesto. (Clique sobre a imagem para vê-la ampliada)













































































Obrigado alunos da 5ª Série A, Dona Alda (Diretora) e Régia (Coord. Pedagógica) da EE Dr. Cláudio de Souza. Na próxima publicação iremos trazer a contribuição dos alunois

Blog Chance à Paz
Criação, redação, edição e responsabilidade:
Silvio Luís
Assis/SP
E-mail chanceapaz.blogspot.com
VIVA A PAZ!!! VIVA EM PAZ!!!

domingo, setembro 12, 2010

11 de setembro

O dia 11 de setembro de 2001 entrou para a história como um dos momentos mais terríveis da humanidade. Mas ele se soma a outros tantos dias que representam a falta de humanidade, e infelizmente a humanidade ainda não aprendeu o sentido do "ser humano". E Paulo Freire levou boa parte de sua vida destacando a desumanidade presente no processo de formação da humanidade. Em sua obra é possível ver, em outras palavras que:
- o humano sonha, mas se deixa prender pelo fascínio do poder;
- o humano quer ser livre, mas se deixa prender por aqueles que não permitem o exercício da liberdade de ação e pensamento;
- o humano se desumaniza para explicar sua humanidade.

E pegando uma carona no diz Bob Dylan em "Blowin in the wind" deixo uma pergunta:
Quantos 11 de setembro ainda serão necessários para que o homem possa ser chamado de homem?
Então fique um vídeo que pretende levar a tal reflexão, e como ele diz na música, "a resposta está soprando no vento"

video

Já que falamos sobre "Blowin in the wind" há duas versões da mesma música para o português. A primeira é na voz de Diana Pequeno e a segunda é de Zé Ramalho.

Diana Pequeno



A versão na voz de Zé Ramalho está originalmente publicada no Youtube e não há permissão para compartilhamento, então, clique no link abaixo, para assistí-la. A letra é diferente da versão cantada por Diana Pequena.
http://www.youtube.com/watch?v=x8o07IpSw-U

E como também utilizamos a música "O Dia Em Que Terra Parou", de Raul Seixas, veja abaixo um vídeo completo com a música




E como abrimos falando de Paulo Freire, assista à um vídeo no qual ele fala sobre utopia.



"A esperança não se acabou. A história está aí" - Paulo Freire

" You may say that I'm a dreamer. But I"m not the onluy one." - John Lennon
(Você pode dizer que eu seja um sonhador. Mas eu não sou o único.)

Blog Chance à Paz

Redação, edição, responsabilidade:
Silvio Luis
Assis/SP
e-mail chanceapaz@bol.com.br
VIVA A PAZ!!! VIVA EM PAZ!!!